Avançar para o conteúdo
SÍNDROME DE ESTOCOLMO NO TEATRO ADOLPHO BLOCH

SÍNDROME DE ESTOCOLMO NO TEATRO ADOLPHO BLOCH

AGENDA TEATRO ADOLPHO BLOCH

SÍNDROME DE ESTOCOLMO NO TEATRO ADOLPHO BLOCH

Ao longo da trama, Eunice vai desafiando as convenções sociais e as normas impostas pelo sistema financeiro, mostrando a Juarez que a dívida não deve ser uma sentença de escravidão perpétua, mas sim um problema a ser resolvido de forma justa e equitativa. Enquanto isso, Juarez representa a rigidez e a frieza do sistema, resistente a qualquer mudança que possa ameaçar seus interesses econômicos.

A relação entre Eunice e Juarez é emblemática da relação entre o cidadão comum e o sistema financeiro, onde a desigualdade de poder é evidente. Enquanto Eunice luta para encontrar uma solução que respeite sua dignidade e sua capacidade de pagamento, Juarez está preso às regras rígidas do sistema, que privilegiam os lucros em detrimento do bem-estar das pessoas.

Ao levantar questões sobre a opressão econômica e a manutenção das diferenças sociais, o texto de Leonardo Netto acerta em cheio na ferida de uma sociedade desigual e injusta. Através do embate entre Eunice e Juarez, somos confrontados com a realidade cruel do sistema financeiro brasileiro, que muitas vezes parece agir como um carcereiro impiedoso, aprisionando os mais vulneráveis em um ciclo interminável de dívidas e juros exorbitantes.

No final, o desfecho inesperado e surpreendente do embate entre Eunice e Juarez nos faz refletir sobre a necessidade urgente de uma mudança profunda e estrutural no sistema financeiro brasileiro, que garanta a justiça econômica e social para todos os cidadãos. Eunice e Juarez representam dois lados da mesma moeda, mas é preciso quebrar o ciclo da opressão econômica e construir um sistema mais justo e humano para todos.

Comprar ingressos.

Data

11 Mar 2024
Expired!

Localização

TEATRO ADOLPHO BLOCH
Rua do Russel, 804, Rio de Janeiro - Rio de Janeiro
Abril 2024
Eventos não encontrados!
Ver Mais

Deixe um comentário