Avançar para o conteúdo

Saxofonista e compositor Rocino Crispim resgata obras do mestre do choro Luiz Americano: em junho no Circuito SESC.

No dia 13 de junho, 5ª feira, o SESC Ramos apresenta o show Rocino Crispim e Regional Caboclo Tocam Luiz Americano. Rocino e o Regional fazem um resgate  da valiosa obra do compositor, saxofonista e clarinetista Luiz Americano, um dos grandes nomes do choro que ajudou a construir a história desse gênero no país. Ao todo, o espetáculo ocupa cinco palcos do Circuito SESC no mês de junho: Barra Mansa, dia 07; Ramos, dia 13; Madureira, dia 14; Nova Iguaçu, dia 21 e São Gonçalo, dia 28.

A proposta do espetáculo, idealizado pelo compositor, saxofonista, ator e escritor Rocino Crispim,   não é mostrar apenas composições consagradas, mas as pérolas intocadas que poucos conhecem e que correm o risco de cair no esquecimento. É um resgate mais que necessário da obra de Luiz Americano. Nascido em 1900, em Aracaju (SE),  ele fez sucesso no Rio de Janeiro entre 1940 e 1960 e conquistou os ouvidos mais apurados, tornando-se um dos músicos mais respeitados e solicitados da época.

O compositor também atuou em teatro de revista, dancings e foi músico de estúdio da Rádio Mayrink Veiga e da Rádio Nacional até os anos 1960. O músico fundou a American Jazz Orchestra, ingressou no Grupo da Velha Guarda em 1932, trabalhou ao lado de artistas consagrados como CartolaPixinguinhaDongaJacob do Bandolim e outros grandes nomes daquele período.

Em 1940, convidado por Villa-Lobos, participou da gravação a bordo do navio “Uruguai”, para o disco “Native Brazilian Music”, idealizado e dirigido pelo maestro norte-americano Leopold Stokowski.

Minha pesquisa focou nos arquivos sonoros gravados pelo próprio Luiz Americano. Recebi doações de amigos ou vasculhei áudios em acervos como o do Instituto Moreira Salles. Acredito que partir dos áudios originais do artista, e não de partituras ou releituras, tenha sido fundamental para acessarmos de fato a alma de Luiz Americano,” explica o músico e idealizador  Rocino Crispim.

A ideia principal é fazer um trabalho relevante de valorização da cultura musical brasileira e ampliar o conhecimento da obra de um dos maiores compositores da história do choro.

Rocino Crispim

É compositor, saxofonista, ator e escritor. Rocino idealizou e apresentou espetáculos como “Quem faz samba” (CCJF), show de sambas inéditos em que teve como convidados o sambista Wanderley Monteiro, Vilani Silva, Roberta Espinosa, entre outros. Durante anos, apresentou o espetáculo Choros Clássicos, em diversos palcos como CCJF, Casa de Cultura Laura Alvin, Confeitaria Colombo e Teatro Sesi, com uma formação de saxofone, piano e pandeiro. No Forte de Copacabana, apresentou o espetáculo Cartola & Eu, com composições suas e releituras de Cartola. Na área de produção de trilhas, Rocino compôs músicas que integraram o documentário “Dirty Games: Olympic Evictions in Rio de Janeiro”, sobre a desocupação da Vila Autódromo (RJ), produzido pela Universidade de Bergen, na Noruega. No cinema, atuou no longa Capitães da Areia, dirigido por Silvia Carvalho e também compôs a trilha sonora do filme.

No teatro, Rocino foi integrante da Cia. dos Comuns, companhia de atrizes e atores negros do RJ que atua com foco em temas africanos. Integrou o espetáculo Negro Olhar, idealizado por Tatiana Tibúrcio, com a participação da atriz Ruth de Souza, no Teatro Nelson Rodrigues (2010). Participou da montagem de “Ricardo III está Cancelada”, de Matéi Visniec, em que atuou como protagonista no papel de Ricardo III (2018).

Instagram: @rocinocrispim.

Circuito SESC: 

Barra Mansa: 07 de junho

Ramos:  13 de junho

Madureira: 14 de junho.

Nova Iguaçu: 21 de junho.

São Gonçalo: 28 de junho.

Horário: 

19h (Ramos, Madureira e São Gonçalo)

20h (Nova Iguaçu)

Endereços:

13/06 | Ramos | 19h – R. Teixeira Franco, 38 – Ramos, Rio de Janeiro

14/06 | Madureira  | 19h – R. Ewbank da Câmara, 90 – Madureira, Rio de Janeiro

21/06 | Nova Iguaçu | 20h – Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá, Nova Iguaçu – RJ

28/06 | São Gonçalo | 19h – Av. Pres. Kennedy, 755 – Estrela do Norte, São Gonçalo – RJ

Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia entrada) e gratuito (Credencial Plena Sesc e PCG).

Classificação: 12 anos

Ficha Técnica:

  • Direção Musical, Pesquisa e Texto: Rocino Crispim

  • Músicos: Rocino Crispim (saxofone) e Regional Caboclo – Leandro Ferreira (cavaquinho); Kevin Shortall (violão7); Guido Tornaghi (violão 6); Leo Careca (pandeiro)

  • Figurinos: Margo Margot

  • Desenho de luz: Ademir Lamego

  • Técnico de som: Mank

  • Realização: Sesc Pulsar

  • Produção: Núcleo de Ensaio e Pesquisa de Artes Integradas – NEP

  • Assessoria de Imprensa: Cristiana Lobo

  • Marketing Digital: Mila Ramos

Data

13 Jun 2024
Expired!

Hora

19:00

Localização

Sesc Ramos
Rua Teixeira Franco, 38 - Ramos, Rio de Janeiro – RJ
Eventos não encontrados!
Ver Mais