Avançar para o conteúdo
NOR-BRA LOVE 33 na Audio Rebel

NOR-BRA LOVE 3:3 na Audio Rebel

NOR-BRA LOVE 3:3 na Audio Rebel

Baterista Paal Nilssen-Love cria projeto com músicos noruegueses e brasileiros. Residência artística acontece no início do mês de fevereiro em Ilhabela, seguida de apresentações pelo estado de São Paulo e do Rio de Janeiro. NOR-BRA LOVE 3:3 é uma iniciativa da Connecting Dots com o apoio do escritório norueguês de exportação para a música, do SESC SP e do Instituto Baía dos Vermelhos.

Nilssen-Love é um dos bateristas mais inovadores, dinâmicos e versáteis do jazz!” Dan Quelette, Down Beat. Ele é simplesmente um dos melhores novos músicos que ouvi nos últimos anos!” Pat Metheny, Molde International Jazz Festival. Paal afirmou sua posição como um dos bateristas mais conceituados do mundo fazendo inúmeras apresentações em festivais e clubes e tendo participado em inúmeros discos. Ele dirige o seu próprio festival anual – All Ears – para música improvisada em Oslo.

Rolf-Erik Nystrøm Saxofonista e compositor é professor da Academia Norueguesa de Música e reconhecido mundialmente em estilos contemporâneos, música tradicional de todo o mundo, improvisação, rock, música clássica e barroca, e música eletrônica para a qual desenvolveu novas formas de usar o saxofone. Bolsista do estado Norueguês o multipremiado Nystrøm foi indicado a prémios em que Jan Garbarek e Bjørk também foram indicados. O seu currículo conta com shows em 50 países, 4 continentes, 120 discos, colaborações com artistas como William Kentridge, J.M. Coetzee e Renzo Piano. Com uma técnica e um talento exclusivo, ele tem uma timbragem ímpar que muita gente nem acredita ser possível extrair de um saxofone. Seu grau de controle faz com que o instrumento fique completamente subordinado a sua própria expressão. Além de solista da Oslo Philharmonic Orchestra e de outras orquestras internacionais, recebe músicas especialmente compostas para ele por compositores internacionais renomados como Christian Wolff e Terry Riley.

Kalle é acordeonista e ex-cantor do Palácio Real Norueguês. Atualmente é solista e músico de câmara em música clássica e contemporânea. Como improvisador atua na música livremente improvisada ao jazz, um pouco por todo o mundo. Reconhecido por seu trabalho centrado na técnica, onde expande amplamente as possibilidades acústicas preexistentes do acordeom – especialmente com técnicas extremas de flexão, multifônicos e microtonalidades. Moberg está completando o Ph.D. na Academia Norueguesa de Música, e sempre que possível atua como intérprete, cooperando com músicos como Paal Nilssen-Love (NO), Jim O’Rourke (EUA), Eiko Ishibashi (JP), Oslo Jazz Ensemble (NO), Paul Lytton (PT) entre outros.

Contrabaixista da cidade de São Paulo, Vanessa pesquisa a música brasileira e o Jazz, sendo a música instrumental seu principal ramo de atuação. Se apresenta com renomados artistas da cena musical instrumental autoral paulistana como Vinícius Chagas, Michel Leme, Allan Abbadia, Henrique Araújo, Dô de Carvalho, Wanessa Dourado, Joana Queiroz, Thomaz Souza, Bocato e outros que mostram sua paixão e dedicação em investigar a tradição de seu instrumento em diversos contextos. Vanessa é cofundadora da Orquestra Laboratório Bastet, que tem por missão investigar as diversas formas de improvisação oriundas da diáspora negra unindo elementos orgânicos como baixo acústico, bateria e percussão a elementos eletrônicos e experimentais. Entre os imensos projetos para os quais frequentemente é convidada a participar, é de salientar como musicista residente da jovem, inclusiva e multicultural São Paulo Big Band.

Pablo Carvalho é músico percussionista residente no Rio de Janeiro, produtor cultural e estudante de História na UFRJ, arte-educador, tendo sua formação musical talhada nos ritmos populares das rodas, dos sambas, dos afoxés e dos jongos, misturada com a experimentação musical e pesquisa em música popular. É codiretor do projeto artístico BERRO (@berroaltomesmo). Atualmente trabalha como músico percussionista com diversos artistas e grupos musicais, como Cia de Aruanda, Ana Frango Elétrico, Alulu, entre outros. Faz parte dos grupos de cultura popular Dandalua, Coconomã e é co-fundador do grupo Quilombo Etu. Seus trabalhos recentes se direcionam também para a criação e desenvolvimento de trilhas sonoras e composições para diversas produções artísticas.

Negro Leo, reconhecido pelo seu carisma, é músico, compositor, ator e cineasta maranhense. Na última década lançou 12 discos e se apresentou em diversos festivais como Berlin Jazzfest, Le Guess Who, Novas Frequências entre outros. Tem colaborado com diversos parceiros nacionais e internacionais como Gooooose, Paal NilsenLove, Ava Rocha, entre outros. Atualmente é um dos músicos brasileiros mais prolíficos na intersecção da música popular e tendencias experimentais.

Abertura

Marco Scarassatti com seu hackearragacocho, trabalho que explora os limites sonoros da tradicional viola de cocho, encontra Flávia Goa com sua característica exploração da sonoridade do violão 7 cordas, para uma sessão de improvisação instantânea, instrumental e vocal.

Apoio: F[r]esta Festival de Improvisação

Comprar ingressos.

Data

11 Fev 2023
Expired!

Hora

20:00 - 22:35

Localização

Audio Rebel
Audio Rebel
Audio Rebel - Rio de Janeiro, R. Visc. de Silva, 55 - Botafogo, Rio de Janeiro - RJ, 22271-091

Deixe um comentário