Avançar para o conteúdo

MOSTRA ARTE NAS QUEBRADAS – DIVERSOS EVENTOS GRÁTIS NO MUHCAB

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro através do Edital Retomada Cultural RJ2, e a Circular Projetos apresentam: 

MOSTRA ARTE DAS QUEBRADAS 2023 

A potência  criativa e o  protagonismo dos artistas periféricos e suas multilinguagens

Um encontro de imersão na arte contemporânea das periferias

A Mostra Arte das Quebradas 2023 chega em sua segunda edição com uma agenda repleta de atrações e diversas linguagens artísticas, que poderão ser conferidas pelo público, gratuitamente, entre os dias 11 de março e 1ºde abril no MUHCAB – Museu da História e da Cultura Afro-brasileira  localizado na Gamboa, a Pequena África carioca. A abertura acontece no dia 11 de março (sábado), às 14h, com uma das ações da Mostra, que é a Exposição “Trajetórias Contemporâneas”. Trata-se de uma exposição coletiva de artes visuais, que reunirá cinco artistas  na Sala Mercedes Baptista.

A exposição multilinguagem, que poderá ser visitada pelo público até o dia 1º de abril, apresenta uma mistura de fazeres artísticos, que contam suas trajetórias e alguns artistas utilizam materiais reaproveitáveis para construir suas obras, como uma forma  de usar materiais possíveis e reinventar a partir destes.

Através da pintura, xilogravura, quadrinhos, instalação e escultura, esses criadores contam suas histórias e trajetórias como corpo político e poético na sociedade contemporânea. Quatro deles participaram da primeira edição em 2018, e teremos uma artista convidada, que começou a integrar o Coletivo Arte das Quebradas em 2020, em plena pandemia.

Phaedra Lessa, gestora e produtora cultural e de audiovisual, idealizadora e curadora da Mostra Arte das Quebradas desde a primeira edição do projeto, conta um pouco o que move essa edição:

“O objetivo este ano é  unir novamente e presencialmente os artistas de 2018, que se conheceram no Projeto de extensão Universidade das Quebradas, da UFRJ, em parceria com o Museu de Arte do Rio e têm uma trajetória de afeto e coletividade para circular processos artísticos de artistas das periferias do Rio de Janeiro. Os artistas participantes e os curadores da Mostra são antigos quebradeiros.   A novidade é que também inserimos novos artistas, que fazem parte do Coletivo criado em 2020 e alguns convidados” –  explica Phaedra.

No dia 11, além da abertura da Exposição Coletiva “Trajetórias Contemporâneas”, o público poderá ainda participar de uma roda de conversa com os artistas expositores.

Apresentamos agora os artistas da Exposição “Trajetórias Contemporâneas”, que através de  suas narrativas poéticas, estéticas e políticas revelam suas vivências e trajetórias desde a pandemia chegando em 2023.

GRAVADORA AMADORA:

A artista Gravadora Amadora, pela primeira vez na Mostra Arte das Quebradas, expõe a “Série Pássaros Urbanos – corpos de passagem”, que reúne quatro obras de xilogravura com técnica mista. impressas em algodão cru pendurado por um graveto e complementadas por folhas de ouro e técnicas de bordado. Cada xilogravura representa uma reflexão sobre a relação entre o tempo, a morte e a vida, explorando temas como a transitoriedade, a consciência da mortalidade e o impacto da perda de entes queridos.

Gravadora Amadora também ministrará uma “Oficina de Isogravura”, que é uma adaptação da técnica de xilogravura, utilizando materiais reaproveitáveis e com baixo custo, como o isopor, no dia 18 de março.

Conhecida por sua habilidade de apresentar temas relevantes e sensíveis através de suas obras, Gravadora Amadora pesquisa a relação da xilogravura e as artes gráficas contemporâneas. Além de sua produção artística, dedica-se à pesquisa e ensino de oficinas. Atualmente, ela está explorando a fusão da arte e da tecnologia para desenvolver.

LORD:

Pintor, grafiteiro e fotógrafo  Lord, que participou da primeira edição da mostra, chega nesta edição com a Série “Corpos Desfigurados dentro de um olhar ”   que reúne pinturas abstratas,  inspirado na sua ancestralidade,  sua avó. O trabalho propõe entender e ver formas diferentes através da pintura abstrata com materiais reaproveitáveis, com cores fortes e significados íntimos e profundos, dentro de um conceito de um corpo desfigurado.

Lord é do Complexo do Dendê, onde coordena o  Cineclube Lobo Guará, e começou seu trabalho em audiovisual, com apoio do Coletivo Mate com Angu. Iniciou  o processo de pintura abstrata e colagem em 2009, com uma série de “Corpos Desfigurados sobre o olhar”, inspirado na sua  ancestralidade. Desde 2022, e ainda hoje, estuda na UNILAB, Universidade de Integração da L Lusofonia Afro-brasileira em São Francisco do Conde, na Bahia. E hoje  atua no Quilombo D. João  no Recôncavo Baiano.

7FLECHAS

7Flechas é um multiartista carioca, cria do Complexo da Maré, que nesta edição da Mostra traz a obra “Golem 2023”. Trata-se de uma escultura constituída de objetos recolhidos no entorno do espaço expositivo. Esta ação é desenvolvida inicialmente com a coleta de partes de móveis, objetos de decoração, dentre outros possíveis utensílios descartados nas ruas próximas de onde a obra ficará exposta. Como um  indicativo de nosso voraz consumo e dos vestígios que buscamos apagar, ou mandar para longe do espaço onde vivemos. O “Golem” busca dar visibilidade ao que antes já foi desejado e útil, retirando do esquecimento ou apagamento dos rastros indesejáveis da presença humana naquele local.

7Flechas é Fotógrafo e documentarista pela ESPOCC – Escola Popular de Comunicação Crítica do Observatório de Favelas da Maré, participou de diversas exposições, tanto no Brasil como no exterior. Foi instrutor de fotografia e audiovisual em oficinas de sensibilização do olhar para jovens e adultos em unidades prisionais. Desenvolve trabalhos autorais com a visão crítica e construtiva de uma sociedade plural e baseada nos direitos humanos.  Atualmente desenvolve  pesquisas com o que a sociedade exclui: objetos e também seres vivos.

THAIS LINHARES

A Exposição “Trajetórias contemporâneas” em sua proposta de reunir artistas com um trabalho que passeia por diversas linguagens artísticas leva também ao MUHCAB – Museu da História e da Cultura Afro-brasileira, a artista dos Quadrinhos Thais Linhares, com  “H Quebradas”. A obra é uma série com quatro ilustrações, que buscam resgatar e valorizar três mulheres periféricas e potentes vindas da Rocinha, Complexo da Maré e Vila Vintém. Poetisas e escritoras que surgiram na FLUP, Festa Literária das Periferias em 2012, e a partir desse encontro construíram uma carreira na literatura carioca. Mulheres na melhor idade, das periferias, negra, nordestina e principalmente com uma trajetória de superação, com relevância na escrita e poesia, através de seus  livros e saraus que participam.  As três poetas homenageadas na série de ilustrações estarão  recitando suas poesias no Sarau, que acontece dia 25 de março.

Thais agrega sua arte da ilustração à poesia das escritoras e transforma seu trabalho em uma homenagem às mais velhas. Seu projeto hoje é uma série de saraus, oficinas e livros que serão lançados num  percurso de apresentações nas Bibliotecas Públicas em março e abril de 2023.

LOURDES MARIA

A escritora e pintora  Lourdes Maria  chega com a obra “Orgia”,  que reúne em sua  instalação, a pintura e uma poesia que foi escrita na época do confinamento e expressa a necessidade do corpo estar em contato com a natureza. O alcance do prazer, da liberdade está no movimento da própria vida, não precisa exatamente do outro, está em qualquer lugar. O material utilizado seria descartado, o suporte, papelão (caixa de televisão). As rendas e tecidos vieram de um armarinho fechado a mais de vinte anos, já se desmanchando pelo tempo.  Olhar o mundo com poesia, desconstruir o excesso de necessidade que é criado para que a vida seja boa, pois o belo pode estar num pingo de água.

Lourdes Maria é artista visual, escritora, professora, pinta e borda, gosta de desconstruir o uso dos materiais, aproveitar o que seria descartado, transformar imagem em poesia, poesia em imagem, numa abordagem de liberdade e paz. “Orgia” é uma imersão poética, com uma busca pela liberdade através da arte.

 A PROGRAMAÇÃO SEGUE NOS DIAS 18 E 25 DE MARÇO NO MUHCAB

Depois dessa grande abertura no dia 11, ainda teremos outros dias de programação. Nossa segunda ação será dia 18 (sábado), com uma Mostra Audiovisual que agrega o trabalho de realizadores periféricos e  performances. Estas atividades serão no auditório do MUHCAB, das 14h às 18h. E a realização de uma Oficina de Isogravura com a artista Gravadora Amadora, que participa da exposição.

Dia 25,  teremos outra sessão da  Mostra Audiovisual, performances e duas oficinas. O encerramento será com um potente Sarau de música e  poesia das 18h às 20h, um evento de celebração ao encontro presencial após a pandemia no MUHCAB.

As programações dos dias 18 e 25 ainda estão sendo fechadas e em breve passaremos mais informações à imprensa. A exposição coletiva fica até dia 1º de abril no MUHCAB para visitação do público.

SERVIÇO:

MOSTRA ARTE DAS QUEBRADAS

LOCAL:  MUHCAB – Museu da História e da Cultura Afro-brasileira

ENDEREÇO: Rua Pedro Ernesto, nº 80 – Gamboa – Pequena África – Rio de Janeiro – RJ

 

DATAS:

11/03 🡪 a partir de 14h, abertura da Exposição “Trajetórias contemporâneas” com os artistas: Gravadora Amadora, Lord, 7Flechas, Thais Linhares e Lourdes Maria. Em seguida, Roda de Conversa com os artistas.

 

18/03 🡪Das 14h às 18h – Auditório: Mostra Audiovisual com realizadores periféricos e performances. E uma Oficina de Isogravura com a artista Gravadora Amadora, que participa da exposição.

 

25/03 🡪 14h às 18h – Mostra Audiovisual, performances e duas oficinas.

                 18h às 20h – Sarau de música e poesia.

 

 

ENTRADA FRANCA em todas as atividades. Menores de idade acompanhados de um responsável

 

VISITAÇÃO DA EXPOSIÇÃO “TRAJETÓRIAS CONTEMPORÂNEAS”, de quarta a sábado  das 10h às 17h (até 01 de abril).

 

REDES SOCIAIS: MUHCAB: @muhcab.rio 

MOSTRA ARTE DAS QUEBRADAS: @mostraartedasquebradas e https://www.facebook.com/artedasquebradas2023

 

Data

11 Mar 2023
Expired!

Hora

14:00 - 18:00

Localização

MUHCAB
Website
https://www.instagram.com/muhcab.rio/
Junho 2024
Eventos não encontrados!
Ver Mais

Deixe um comentário