Avançar para o conteúdo
GOLDHERANÇA NO TEATRO RIACHUELO - RJ

GOLDHERANÇA – GOLDEN BOYS, EVINHA E TRIO ESPERANÇA NO TEATRO RIACHUELO – RJ

AGENDA TEATRO RIACHUELO – RJ

GOLDHERANÇA NO TEATRO RIACHUELO – RJ

GOLDHERANÇA – Golden Boys, Evinha e Trio Esperança

Os irmãos Correa em um encontro raro da família de cantores que marcaram gerações. 

Os Golden Boys, a cantora Evinha e o Trio Esperança apresentam canções de sucesso que marcaram a carreira de cada um dos artistas no projeto GOLDHERANÇA.

Renato, Ronaldo e Roberto formaram os Golden Boys no final dos anos 50 com o primo Valdir. Com o falecimento de Valdir em 2004 o grupo seguiu na formação de Trio e em 2016, com o falecimento do irmão Roberto, o irmão Mario tornou-se o novo Golden Boy. Já Evinha, Mário e Regina são da primeira formação do Trio Esperança, que passou a contar com a caçula Marizinha, em 1968, quando Evinha seguiu em carreira solo. A oportunidade para os artistas estarem juntos é algo raríssimo, pois Evinha, Marizinha e Regina estão radicadas há anos na EUROPA, onde o Trio Esperança é sucesso em sua terceira formação (só com as mulheres da família Correa). 

O show tem repertório que há muito estão no inconsciente nacional e são considerados verdadeiros clássicos da música popular brasileira. O público vai ouvir canções eternas como “Filme Triste”, “O Passo do Elefantinho” e “A Festa do Bolinha” (hits do Trio Esperança), “Casaco marrom”, “Cantiga por Luciana” e “Teletema” (imortalizadas na voz de Evinha), “Alguém na multidão”, “Fumacê” e “Erva Venenosa”, obrigatórias em shows dos Golden Boys.

O clima familiar estará visível no palco. A começar pelo cenário, que reproduzirá com sofás e luminárias uma típica sala de estar. A banda é formada por seus herdeiros musicais: os próprios filhos – o baixista Beto Filho (filho do Roberto Correa), os irmãos Rodrigo e Diego Saldanha (guitarrista e baterista, respectivamente – filhos de Renato Correa e ex-integrantes do grupo infantil dos anos 80 Os
Abelhudos) e o cantor e produtor Bruno Galvão (filho de Mário Correa) no violão. A direção do espetáculo é de Gerard Gambus, marido de Evinha, que integra a banda ao piano.
Se os caminhos foram pessoais, os laços – familiares e musicais – mantiveram-se firmes. Uma prova disso será dada num lugar onde se sentem à vontade há décadas: o palco. “O compromisso de nos reunirmos no palco vai além do âmbito profissional: é também uma oportunidade de matarmos a saudade”, avalia Evinha.

Comprar ingressos.

Data

19 Abr 2023

Hora

20:00

Localização

Teatro Riachuelo RJ
Rua do Passeio , 40, Rio de Janeiro - Rio de Janeiro
Ingresso




Fevereiro 2023
No event found!
Ver Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *