Avançar para o conteúdo
Delia Fischer Casa Julieta de Serpa - J Club

Delia Fischer no show “Viva! Milton Nascimento” no Casa Julieta de Serpa – J Club

Delia Fischer Casa Julieta de Serpa – J Club

 

Delia Fischer leva para o palco do JClub as suas versões para sucessos de Milton Nascimento e do Clube da Esquina. Influenciada pelo grande artista, que completa 80 anos em 26 de outubro, ela se aprofundou na obra de Milton quando fez a direção musical do espetáculo “Nada Será Como Antes” há uma década. Para dividir esta noite de homenagens, convidou como participações especiais o saxofonista Nivaldo Ornellas (é dele o famoso solo em Fé Cega, Faca Amolada) e o guitarrista e produtor Torcuato Mariano (The Voice Brasil, Kids e Plus), e o cantor, contrabaixista e produtor Matias Correa.

Nivaldo Ornellas foi um dos colaboradores mais marcantes de Milton. Natural de Belo Horizonte e um dos fundadores do “Berimbau Jazz Clube”, ponto de encontro dos músicos nos anos 60 em Belo Horizonte, lá conheceu Milton. Participou do icônico álbum “Clube da Esquina” e passou a fazer parte do grupo que o acompanhava nos shows. Seu som teve presença marcante nos álbuns “Milagre dos Peixes” (em estúdio e ao vivo) e “Minas”. Esteve presente em gravações e shows de artistas tão ecléticos quanto Gal, Caetano, Fagner, Gismonti, Taiguara, Gil, Gonzaguinha, Belchior, Macalé, Hermeto, Simone, João Bosco, Adriana Calcanhoto e Delia Fischer.

Torcuato Mariano é original de Buenos Aires. Radicado há mais de quatro décadas no Brasil, fala português sem qualquer sotaque. Sua música, porém, é cheia deles. Acentos, sabores, cores, tudo é variado, rico. De Tom Jobim a Pat Metheny, de Toninho Horta a Milton Nascimento, de Ricardo Silveira a Hélio Delmiro, muitos músicos o influenciaram, mas a fala musical de Mariano tem voz própria: respeitado violonista, guitarrista e compositor, atuou com mestres como Johnny Alf, Gil, Djavan e Caetano, entre muitos outros, e há anos aposta numa sólida carreira solo.

Na adolescência, Delia Fischer descobriu e se apaixonou pelo Clube da Esquina. Desde então, bebeu musicalmente da fonte aberta e desenvolvida por Milton e artistas como Beto Guedes (gravou A Página de Relâmpago Elétrico) e Flavio Venturini (gravou Nascente). Do próprio Milton, gravou Clube da Esquina nº 2. Compôs Tempo de Amar, encomenda em parceria póstuma com o poeta Carlos Drummond de Andrade e o letrista Ronaldo Bastos (um dos dois maiores parceiros de Milton), para ele gravar como tema da novela homônima da TV Globo. Trabalhou em shows com o guitarrista Toninho Horta (autor de Beijo Partido e músico onipresente no álbum Clube da Esquina), teve duo com Nivaldo Ornellas. No teatro, atuou como atriz e diretora musical na peça Nada Será Como Antes, que esteve em cartaz no Rio e SP, e que contou a vida de Bituca através de suas mais famosas músicas.

Todo este background dá a ela as credenciais para protagonizar este show comemorativo, tocando e cantando com os amigos – destaque para o parceiro mais constante nos palcos e gravações: o contrabaixista, cantor e produtor Matias Correa. O repertório traz sucessos como as icônicas Encontros e Despedidas, Clube da Esquina 2, Nada Será Como Antes e Cais – entremeados por composições autorais e hits dos Beatles (forte influência na obra de Milton).

“Acabo de ouvir o novo álbum da minha querida amiga Delia Fischer. Um trabalho maravilhoso que se chama ‘Hoje’ e que tem uma canção minha, para a minha alegria, que se chama ‘Nascente’”

– Flavio Venturini, maio de 2021

 

Ficha Técnica

Delia Fischer voz e piano

Matias Correa voz contrabaixo e loops

Participações especiais: Nivaldo Ornellas (saxofone) e Torcuato Mariano (guitarra)

Direção musical Delia Fischer

Produção do show André Oliveira

Comprar ingressos.

Data

27 Out 2022
Expired!

Hora

21:00

Localização

Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa
Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa
Praia do Flamengo, 340 – Flamengo, Rio de Janeiro – RJ – CEP: 22210-030
Abril 2024
Eventos não encontrados!
Ver Mais

Deixe um comentário